19
Sex., Ago.
0 New Articles

PONTE ALTERNATIVA DA MAXIXE INSEGURA PARA ATRACAGEM

PONTE ALTERNATIVA DA MAXIXE INSEGURA PARA ATRACAGEM DE EMBARCAÇÕES DA TRANSMARÍTIMA

Inhambane
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Ponte alternativa da Maxixe não oferece segurança para a atracagem das duas embarcações adquiridas pelo Estado para assegurar a travessia na baía de Inhambane.A conclusão é de um perito de Administração Nacional de Estradas.


Depois da destruição da ponte-cais da Maxixe, aquando da passagem, em Fevereiro último, do ciclone Dineo, o governo investiu um milhão e oitocentos mil meticais, na construção de uma infra-estrutura provisória para a acostagem de barcos.
A primeira avaliação técnica conclui que a infra-estrutura, construída com base em estacas de micross e madeira de pinho, não iria suportar os embates das grandes embarcações da Transmarítima, acedendo apenas a atracagem dos barcos com motor fora do bordo.
”A obra foi feita no âmbito de emergência, e mesmo de emergência. Concluiu-se que os barcos que levam noventa ou mais de noventa passageiros, não estariam em condições de atracar naquele cais provisório que foi construído”, explicou José Muthepo, director provincial de Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, de Inhambane, José Muthepo.

 

 

Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2017

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus