24
Seg., Jan.
0 New Articles

2022 celebra o quarto centenário do nascimento de Molière

Arte & Cultura

A 15 de janeiro celebram-se os 400 anos do nascimento de Molière. A França e o mundo do teatro preparam homenagens ao criador de inúmeras peças que sobreviveram aos séculos e se tornaram clássicos da literatura.

No Liceu Montaigne, em Paris, os estudantes estão a reencenar várias peças de Molière que têm uma ressonância muito contemporânea, particularmente no que diz respeito ao estatuto da mulher.

Mokra Gora, um dos lugares mais bonitos do mundo

Arte & Cultura

Os habitantes de Mokra Gora sempre disseram que vivem num dos lugares mais bonitos do mundo. E no final do ano, esta opinião foi oficialmente confirmada pela Organização Mundial do Turismo. Natureza intacta, água e ar limpos e atrações turísticas únicas são alguns dos atributos desta aldeia sérvia

Paris de Brassaï com um piscar de olho a Pablo Picasso

Arte & Cultura

"Paris de Brassaï. Fotos da cidade que Picasso amou" é o título da mostra de fotografia deste também desenhador e escultor - nascido na Hungria, em 1899, mas radicado e falecido em França, em 1984 - que está patente do Museu Picasso de Málaga. A exposição, que põe em destaque a estreita relação pessoal e profissional de Brassaï com Pablo Picasso, retrata Paris, a capital francesa, como uma cidade moderna e cosmopolita numa Europa, e época, marcada pelas grandes

Os 400 anos de Molière

Arte & Cultura

No dia 15 de janeiro, França e o mundo do teatro celebram um dos seus maiores autores. Molière nasceu há 400 anos. O ator e autor favorito de Luís XIV escreveu mais de trinta peças e balés. Elevou o estatuto da comédia, que antes era considerada um género menor, e deu um impulso vital ao teatro.

A dança que espanta os maus espíritos

Arte & Cultura

Centenas de pessoas mantêm uma antiga tradição búlgara transmitida de geração em geração na crença de que ajuda a afastar os maus espíritos.

O festival Surva marca o fim das festividades tradicionais de Inverno que se crê remontarem aos tempos pagãos.

Danças folclóricas do Azerbaijão exigem dotes de acrobata

Arte & Cultura

A dança tradicional azerbaijanesa combina música, coreografia e narração de histórias.

Fundado em 1938, o grupo de Dança do Estado do Azerbaijão sobe ao palco em todo o mundo. A dança com copos é uma das particularidades do folclore do país. "Alguns elementos de dança muito difíceis são típicos das danças femininas do Azerbaijão, nomeadamente, movimentos de peito, acentuação dos olhos, e uma combinação de ambos. Há também a dança com copos. Os copos devem ficar em equilíbrio nas palmas das mãos, e as bailarinas têm de dançar sem que o

Radio Cidade FM Maputo