12
Sex., Ago.
0 New Articles

INGC DEVE TRAÇAR ESTRATÉGIAS QUE SE AJUSTEM À REALIDADE DO PAÍS

Carlos Agostinho do Rosário falava, esta sexta-feira em Chókwè, na sessão extraordinária do Governo da província de Gaza

Gaza
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

O Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, insta o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades a traçar estratégias que se ajustem a realidade actual do país, tendo em conta as mudanças climáticas.

 

Carlos Agostinho do Rosário falava, esta sexta-feira em Chókwè, na sessão extraordinária do Governo da província de Gaza, no quadro da visita de dois dias àquele ponto do país, destinada a avaliar a situação da seca na região.

 O Primeiro-ministro sublinhou que urge actualizar a Lei do regulamento do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, INGC, por forma a responder as consequências das mudanças climáticas.

“Não podemos todos os anos sentarmos e falarmos da mesma maneira. Temos que sentarmos todos os anos e falarmos de maneiras diferentes em relação ao que falamos nos anos anteriores. Temos que nos adaptar a realidade. O nosso INGC terá que fazer um grande esforço; pegar na lei sobre as Calamidades, que existe, e fazermos regulamentos próprios e adequar sobretudo à maneira como o Instituto funciona, tanto a nível central, como nas províncias, nos distritos e postos administrativos” – referiu o Primeiro-ministro.

Em Gaza a estiagem assola os distritos de Chigubo, Chicualacuala, Guijá Mabalane, Massingir e norte do distrito de Chibuto, onde mais de duzentas mil pessoas enfrentam a fome.

 

 

 

 

Fornecido por: Da RM.CO.MZ 2016 ( STOP )

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus