07
Qui., Jul.
0 New Articles

Ruanda anuncia destruição de esconderijos de terroristas em Moçambique

As forças governamentais de Moçambique e do Ruanda destruíram "novos" esconderijos de terroristas e mataram dois rebeldes, no distrito de Palma, província de Cabo Delgado, anunciou hoje o Ministério da Defesa ruandês.

Numa nota que divulgou no seu portal, aquele ministério avança que os novos abrigos dos terroristas foram desativados em Nhica do Rovuma e em Pundanhar, na zona oeste do distrito.

Governo e parceiros procuram soluções para problema de água em Mueda

O Governo e parceiro de cooperação buscam soluções para o problema de água potável no distrito de Mueda, na província de Cabo Delgado.

Para o efeito, a Moçambique e Índia assinaram, esta segunda-feira em Maputo, um memorando para a Implementação do Projecto de Abastecimento de Água Potável em Cabo Delgado.

Grupo armado mata quatro pescadores

Vítimas foram mortas na praia de Nagulue, em Mucojo, no distrito de Macomia, que tem sido um dos afetados por ataques atribuídos a insurgentes em fuga da ofensiva militar moçambicana e internacional.

Um grupo armado matou na segunda-feira (08.02) quatro pescadores numa localidade costeira de Cabo Delgado, norte de Moçambique, segundo fontes locais citadas pela agência de notícias Lusa.

População encontra corpos ao tentar reconstruir casas

População de uma aldeia de Cabo Delgado, norte de Moçambique, encontrou os restos mortais de três pessoas entre os escombros de um ataque. Médicos Sem Fronteiras alertam para novo pico de violência.
A população de uma aldeia de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, encontrou no domingo (06.02) os restos mortais de três pessoas por entre os escombros de um ataque atribuído a rebeldes, disseram residentes à agência de notícias

Moçambicanos residentes na Bélgica preocupados com o terrorismo em Cabo Delgado

Moçambicanos residentes na Bélgica dizem que acompanham com preocupação a situação dos ataques terroristas, na província de Cabo Delgado.

Em entrevista à Rádio Moçambique, este sábado, em Bruxelas, um dos representantes da Associação dos Moçambicanos na Bélgica (AMOBEL), afirmou que o extremismo violento que se vive na zona norte do nosso país, tem repercussões

Nyusi em Bruxelas a fazer "eco" ao pedido de apoio do Ruanda?

Filipe Nyusi foi à sede da UE apenas "rubricar" o apoio europeu à missão militar do Ruanda em Cabo Delgado, diz analista. Moçambique passa imagem de passividade num caso de soberania. Falta de liderança ou estratégia?
Depois da visita do chefe da diplomacia europeia, Joseph Borrell, a Moçambique ter falhado em finais de janeiro por causa da Covid-19, segundo a justificação do bloco europeu, agora o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, está em

Deslocados já regressam às origens em Muidumbe

A maior parte da população refugiada em outros pontos da província, devido ao terrorismo, já regressou às respetivas aldeias de origem, no distrito de Muidumbe, norte de Cabo Delgado.
A população que tinha fugido das aldeias assoladas pelo extremismo violento em Muidumbe, norte da província moçambicana de Cabo Delgado, está a regressa às zonas de origem, mercê da melhoria da situação de segurança.

Mais artigos...