EXPOSIÇÃO MISTA EM HOMENAGEM Á MULHER MOÇAMBICANA

EXPOSIÇÃO MISTA EM HOMENAGEM Á MULHER MOÇAMBICANA

Viagem
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Turismo, Cultura e Meio Ambiente, organiza de 01 à 29 de Abril corrente, uma exposição mista para homenagear a mulher moçambicana por ocasião do 07 de Abril, Dia da Mulher Moçambicana.

 

A mostra a ter lugar no Centro Cultural Brasil-Moçambique, tem como figura de cartaz o grupo Tufo da Mafalala, criado a mais de 50 anos cuja obra espelha a rica diversidade cultural e artística existente no lendário e mítico bairro da Mafalala e séculos de história de cruzamentos culturais no Oceano Índico.

Por outro lado, tendo em conta a crescente exposição da imagem da mulher macua a nível publicitário, de símbolo de uma mulher bonita de Moçambique e da cultura feminina africana é atenção deste projecto, enaltecer a beleza desta figura, caracterizar o seu percurso artístico e contextualiza-la tendo em conta a sua arte (canto, dança, gastronomia e moda), a sua comunidade (Mafalala ou Nampula) e a sua tradição no contexto cultural e étnico.

A organização pensa igualmente ser importante desconstruir o estigma da dança tradicional e olhar o Tufo, Ndzope e Matsepwa como um conjunto de manifestações artísticas dignas de imensos palcos e de grandes produções.

A exposição conta com o apoio do Centro Cultural Brasil Moçambique e inclui uma programação paralela, que vai comportar oficinas, workshops, debates e apresentações sobre diferentes elementos sócio-culturais tendo a mulher macua como o centro das atenções.

Importa referir que o grupo Tufo da Mafalala apresenta no seu repertório as danças tradicionais típicas de Nampula, nomeadamente: o Tufo, Ndzope e Matsepwa caracterizados por um ritmo de influência afro-árabe, onde além do canto e dança evidenciam-se aspectos da cultura feminina, daquela província do norte de Moçambique, como o Muciro, as Capulanas e a preocupação em preservar os hábitos e tradições africanas.

 

 

 

 

Fornecido por:Rm.co.mz 2016 ( Stop.co.mz )