British Airways Abandona Angola

British Airways Abandona Angola

Angola
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

A British Airways vai deixar de voar para Angola, anunciou nesta quarta-feira, dia 23 de maio, a companhia aérea britânica nos sistemas globais de reservas e compra de passagens aéreas utilizados pelas agência de viagens.


O último voo partirá de Londres/Heathrow com destino a Luanda na quinta-feira, dia 7 de junho, e tem regresso marcado para o sábado, dia 9 de junho.
A British Airways voa para Luanda desde há vários anos. Primeiro com um voo semanal e depois com dois voos por semana, às quintas-feiras e domingos. Os regressos à capital britânica são aos sábado e terças-feiras.
O abandono da rota de Angola não tem até agora qualquer justificação por parte da companhia, mas fontes ligadas ao sector indicam que a British acaba de reformular a sua rede para aeroportos africanos e uma das possíveis razões deverá ser a fraca ocupação dos seus voos para a capital angolana. No início deste ano a British anunciou que a partir de 25 de março iria mudar de equipamento nos voos do Reino Unido para Angola, colocando o Boeing 787-9 Dreamliner em substituição do Boeing 777-200ER.
Em junho de 2016, a companhia espanhola Iberia, que também integra o Grupo IAG, tinha deixado de voar entre Madrid e Luanda por falta de passageiros.

 

Fonte:da Redação e Por angonoticias.com
Reditado para:Noticias do Stop 2018
Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão

Stopmznews