05
Ter., Jul.
0 New Articles

Sétima geração de processadores Intel (Kaby Lake) tem preços vazados

O Kaby Lake será anunciado no dia 5 de janeiro, na CES (Consumer Eletronics Show) 2017, junto com a série 200 de chipsets Intel.

Hardware
Tools
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

Até a sexta geração (Skylake), a Intel trabalhava com seu famoso “Tick Tock“, modelo de evolução de seus processadores há décadas. O “Tick” representava uma diminuição da litografia, enquanto o “Tock” significava uma mudança de arquitetura.

Agora temos uma terceira etapa, a otimização, representada pela sétima geração, codinome Kaby Lake. Basicamente, é uma melhoria da arquitetura já existente, mantendo os 14 nanômetros, além de (provavelmente) trazer novos gráficos integrados.

Segundo o WCCFtech, o Kaby Lake será anunciado no dia 5 de janeiro, na CES (Consumer Eletronics Show) 2017, e já conta com preços mais ou menos confirmados:

 

Preços das CPUs Intel Kaby Lake

Core i7-7700K – US$349

Core i7-7700 – US$309

Core i5-7600K – US$239

Core i5-7600 – US$219

Core i5-7500 – US$199

Core i5-7400 – US$189

A boa notícia é que os preços são menores do que o esperado, o que não chega a ser uma surpresa. Por se tratar de uma melhoria de uma arquitetura já existente, pode ser uma estratégia da Intel para estimular o upgrade. Teremos nos novos chipsets da série 200 (B250, Q250, Q270, H270, Z270), mas o Kaby Lake é compatível com as placas-mãe da geração atual. Quem quiser trocar somente o processador, o socket é o mesmo (LGA 1151)

Como o Kaby Lake se compara ao Skylake? Em certas tarefas, ele é 10% mais rápido, melhoria padrão da Intel de geração para geração nos últimos anos. O modelo mais potente, o Core i7-7700K, virá com as seguintes especificações, também de acordo com o WCCFtech.

 

Quatro núcleos com oito threads (Hyperthreading) rodando a 4,2 GHz (Turbo Boost até 4,5 GHz);

Litografia de 14 nanômetros, assim como o Broadwell e ao Skylake;

8 MB de cache L3;

Gráficos integrados: Intel HD 630 (a ser confirmado), com 24 unidades de execução;

Desbloqueado: Sim;

TDP: 91 watts;

Suporte de memória: DDR3L/DDR4;

Temos pouco mais de dois meses até o anúncio oficial, quando saberemos os detalhes completos dos novos processadores da Intel. O mesmo vale para as novas placas-mãe de fabricantes como ASUS e ASRock, baseadas na série 200 de chipsets da empresa. Conte para nós: está ansioso pela chegada da sétima geração? Pretende fazer o upgrade? Diga-nos nos comentários!

 

 

 

 

Fonte:showmetech

Reditado para:Noticias Stop 2016

Fotografias:Getty Images / Reuters /EFE

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus