Bombardeios deixam 8 mortos em reduto rebelde perto da Síria

Destruição causada por ataque com foguetes em Duma, na Síria

Asia Ocidental
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Bombardeios contra várias regiões da cidade de Duma, na região de Ghouta Oriental, principal reduto dos rebeldes perto da capital da Síria, Damasco, deixaram pelo menos oito mortos

várias dezenas de feridos neste domingo.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, entre as vítimas fatais há uma criança e uma mulher. Além disso, a organização alertou que o número de mortos pode subir porque há vários feridos em estado grave e duas pessoas seguem desaparecidas.

Tropas sírias e grupos armados leais ao regime de Bashar al Assad voltaram a entrar em confronto com facções rebeldes islamitas e a Frente al Nusra - filial da Al Qaeda no país - em várias regiões de Ghouta Oriental, acrescentou o Observatório Sírio.

As forças do regime de Assad estão bombardeando as regiões onde há confronto com armamento pesado e foram registradas mortes em ambos os lados, completou a organização, que não informou sobre o número de vítimas no conflito.

Por outro lado, ao menos duas pessoas morreram em Daria, em Ghouta Ocidental, nos arredores de Damasco, onde também ocorrem enfrentamentos e bombardeios.

Mais de 260 mil pessoas perderam a vida na Síria desde o início do conflito no país, em março de 2011, de acordo com o último balanço divulgado pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos. EFE




FONTE:DA EFE 2016 ( STOP )