Diretor da equipe confirma redesenho em motor Honda McLaren para 2017

Escuderia teve duas temporadas com resultados fracos e aposta no novo formato da peça para voltar a brilhar nas pistas em 2017

Fórmula 1
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

No terceiro ano da parceira McLaren-Honda, a equipe pretende fazer mudanças no carro para a próxima temporada. O diretor técnico da equipe, Tim Gross, apontou nesta sexta-feira (6 de janeiro) uma série de alterações aerodinâmicas, entre elas, um novo

desenho do motor.

“Frente à 2017, o desenho do motor e sua arquitetura foram redesenhados para servir tanto ao rendimento quanto para as nossas necessidades de colocação (na tabela)”, declarou.

Depois de duas temporadas de resultados muito abaixo da temporada (9º lugar no classificação geral de construtores em 2015 e 6º em 2016), a escuderia aposta em aprimoramentos nos carros que serão usados por Fernando Alonso e Stoffell Vandoorne, para recuperar o brilho de outros tempos. Goss explicou que os tropeços em 2015 e 2016 serviram para que a equipe aprendesse e identificasse o necessário para voltar a brigar por vitórias.

“A nova unidade de potência vem, em grande parte, da aprendizagem nas últimas temporadas, mas foi cuidadosamente redesenhada para esta temporada”, finalizou.

 

 

 

 

 

Fonte:Gazeta Press

Reditado para:Noticias do Stop 2016

Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP