23
Qui., maio
33 New Articles

Inspecção investiga no país remédio proibido em Lisboa

Inspecção investiga no país remédio proibido em Lisboa

Angola
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Em causa estão os medicamentos Panadol Prolong 665 mg, Diliband Retard 75 mg+650 mg, Tramadol+Paracetamol KrKa 75mg+650mg e Tramadol+Paracetamol.A Inspecção-Geral da Saúde está a fazer um levantamento para determinar se estão ou não à

venda em Angola medicamentos com paracetamol de libertação prolongada, cuja circulação esta suspensa em Portugal por ter sido concluído que traz mais riscos à saúde do que benefícios.
A informação foi avançada ontem ao Jornal de Angola pela inspectora Cristina da Cunha, que confirmou estar o assunto a ser tratado pela entidade reguladora, a Direcção Nacional de Medicamentos, "por se tratar de uma situação normativa".
A inspectora afirmou que, caso os medicamentos estejam no mercado angolano, a Inspecção Geral da Saúde vai emitir um comunicado para, além de alertar a população, recomendar a sua retirada de circulação.

 

Fonte:da Redação e Por angonoticias
Reditado para:Noticias do Stop 2018