24
Qua., Abr.
0 New Articles

Homs amanhece tranquila após ataque dos EUA

Relato é do jornalista Yan Boechat que está no centro da cidade síria

Asia Ocidental
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

Apesar do lançamento de mais de 50 mísseis americanos a uma base aérea síria, na noite dessa sexta-feira, a cidade de Homs amanheceu tranquila e com pouco movimento. O relato é do jornalista da Band Yan Boechat que está no centro da cidade, a 40 km

da base de Al Shayrat, que foi atingida pelo bombardeio dos Estados Unidos.

Segundo ele, a ofensiva americana deixou a população muito surpresa, porque, após a Casa Branca anunciar que tirar Bashar al-Assad do poder não era mais uma prioridade, os moradores acreditavam que a guerra se encaminhava para um fim.

Presidente da Síria: ataque dos EUA foi imprudente e irresponsável

Nove civis, incluindo quatro crianças, foram mortos pelo ataque, segundo a agência de notícias estatal da Síria.

Segundo a Sana, os civis foram mortos em vilarejos perto da base aérea. De acordo com a agência, mais sete pessoas ficaram feridas e casas na região foram severamente danificadas.

Os sírios que moram nessa região - e que apoiam o governo - afirmam ainda que os rebeldes são os responsáveis pelo ataque químico que matou cerca de 80 pessoas na cidade de Khan Sheikhun, na última terça-feira.

 

 

 

 

 

Fonte:Da Reuters

Reditado para:Noticias do Stop 2017

Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP