21
Dom., Out.
5 New Articles

Trabalhador morre em obra de estádio da Copa do Mundo no Catar

Obras no Catar: Governo nega acusações de abuso de força de trabalho

Asia Meridional
Typography

Cerca de 5.100 trabalhadores de países como Nepal e Índia estão construindo estádios no país, que enfrenta acusações de grupos de direitos humanos,Um trabalhador morreu no canteiro de obras de um dos estádios da Copa do Mundo de 2022 no Catar, disse

o comitê organizador da Copa na noite de sábado (22).

O incidente ocorreu na manhã do sábado no estádio Al Wakrah e está sendo investigado, afirmou o Comitê Supremo de Entrega e Legado do Catar em comunicado. O Al Wakrah foi projetado pela falecida arquiteta britânica Zaha Hadid.

“É com profundo pesar que anunciamos uma fatalidade em um canteiro de obras de um de nossos projetos”, disse o órgão em comunicado, sem entrar em detalhes sobre a causa da morte.

Cerca de 5.100 trabalhadores de países como Nepal, Índia e Bangladesh estão construindo estádios no rico país do Golfo Árabe, que tem enfrentado acusações vindas de grupos de direitos humanos, especialmente a respeito de abuso de força de trabalho, baixa segurança no local de obras e pobres condições de vida para os funcionários.

O Comitê Supremo disse que não tem havido fatalidades nas obras da Copa, mas o escritório de advocacia DLA Piper, em análise feita para o governo em 2013, encontrou evidências de dezenas de mortes relacionadas às obras da Copa do Mundo entre trabalhadores imigrantes oriundos do sul asiático.

O governo do Catar negou acusações de que há grande incidência de ataques cardíacos entre trabalhadores nas obras e não publica estatísticas independentes a respeito de lesões e fatalidades nos canteiros de obras dos estádios.

 

 

 

 

 

 

Fonte:Reuters

Reditado para:Noticias Stop 2016

Fotografias:Getty Images / Reuters /EFE