ANA FLÁVIA AZINHEIRA DESAFIA A SUSTENTABILIDADE DO BOXE

ANA FLÁVIA AZINHEIRA DESAFIA A SUSTENTABILIDADE DO BOXE

Desporto
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

A Vice-Ministra da Juventude e Desportos, Ana Flávia Azinheira, exortou esta segunda-feira, em Maputo, a federação moçambicana de boxe a ser auto sustentável.


Ana Flávia Azinheira fez a exortação durante a gala de atribuição de medalhas e taças aos vencedores do campeonato nacional da modalidade realizado no último fim-de-semana.
A governante disse ser necessário identificar acções concretas que garantam a auto-sustentabilidade da modalidade, tendo apontado que o desporto é uma indústria que deve gerar recursos para apoiar os atletas nacionais.
Segundo Ana Flávia Azinheira, a divulgação da modalidade, a criação de um ambiente aconchegante para que mais parceiros possam apoiar, projectando a modalidade, deverão tornar o boxe auto-sustentável.
Para Ana Azinheira, Moçambique tem nome no boxe, tem expressão a nível africano, marcas que a Federação Nacional da Modalidade deve preservar a maximizar, expandindo para todas as províncias.
O Estrela Vermelha de Maputo é o campeão nacional de boxe edição 2017, pelo terceiro ano consecutivo.
Durante a gala também foi anunciado que a próxima edição do campeonato nacional de boxe terá lugar na província de Inhambane.

 

 

Fonte:da Redação e Por RM
Reditado para:Noticias do Stop 2017

Stopmznews