17
Seg., Jun.
0 New Articles

Angola: grupos organizados sabotam torres de transporte de electricidade para Luanda

Africa
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
AplicLoja Windows 11 Pro

O Ministro de Estado e Chefe da Casa Militar do Presidente da República, Francisco Pereira Furtado, anunciou a existência de actos de terrorismo, denunciando grupos organizados que estarão a sabotar torres de transporte de energia para Luanda.


O Ministro de Estado e Chefe da Casa Militar do Presidente da República, Francisco Furtado, denunciou em Luanda,a 12 de Novembro, a existência de grupos organizados que destroem torres de transporte de electricidade de alta tensão em várias regiões do país, incluindo Luanda.

O Ministro de Estado classificou de terrorismo as acções de vandalização de torres de transporte de electricidade registadas frequentemente,nas províncias de Luanda, Cuando Cubango, Moxico e Bie, destacando as que decorreram nos dias 7 e 8 de Novembro.

O governante, que prometeu mais esclarecimento sobre o assunto, sublinhou que os grupos de sabotagem têm uma "mão invisível" e estão a criar situações de instabilidade, visando inviabilizar o desenvolvimento do país.

Entretanto, tornou-se frequente em Angola a vandalização de bens públicos, com destaque para as condutas de água, estruturas de electricidade e de fibra óptica para extrair cabos que são vendidos no mercado informal e água igualmente comercializada nas cidades angolanas que enfrentam grandes dificuldades de acesso à mesma.

 

 

 

 

 

 

Fonte:da Redação e da RFI
Reeditado para:Noticias do Stop 2023
Outras fontes • AFP, AP, TASS, EBS
Material Informático - www.aplicloja.com
Receba diariamente no Grupo STOPMZNWS poderá ler QRCOD
Link do Grupo WhatsApp - https://chat.whatsapp.com/JUiYE4NxtOz6QUmPDBcBCF
Qual Duvida pode enviar +258 827606348 ou E-mail:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Em criação o Aplicativo o APP que ira ver notícias diariamente em seu celular Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP

AplicLoja Microsoft Office 2022 Pro Plus
Stopmznews