Há cada vez mais burlas no mundo das criptomoedas – aprenda aqui como evitá-las

Há cada vez mais burlas no mundo das criptomoedas – aprenda aqui como evitá-las

CriptoMoedas
Tools
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O tema das criptomoedas pertencia apenas a um nicho muito específico do mercado até há um anos atrás. Mas, de uma forma exponencial, o interesse nas criptomoedas expandiu-se e é agora um tema muito debatido no mainstream. Cada vez mais

pessoas se envolvem em transacções ou investimentos de criptocurrências.
Este facto também chamou à atenção dos hackers. O número de ataques de hackers tem aumentado com este novo mercado e é por isso importante que todos aqueles que tenham interesse no tema estejam atentos às técnicas utilizadas por quem quer roubar dinheiro digital.
Uma das técnicas mais usadas para roubar carteiras de criptomoedas é o phishing. Em termos muito simples, o phishing é um tipo de burla online em que o utilizador recebe uma mensagem que parece ter origem de uma fonte credível e segura mas que, na verdade, pretende roubar informação ou dinheiro ao utilizador.

Aqui seguem três tipos de burlas de phishing que estão a acontecer agora para roubar criptomoedas, e como evitá-las:

1 – O utilizador recebe uma mensagem de e-mail que se assemelha ao e-mail enviado por empresas de intercâmbio de moedas, e nesse e-mail é referido que alguém tentou assaltar a carteira do utilizador. O e-mail pede então ao utilizador que carregue num link e coloque os seus dados de acesso, dando assim acesso total aos hackers à sua carteira digital.

Como evitar? Se receber uma mensagem de segurança, verifique se o endereço de e-mail é o oficial da empresa através da qual faz os intercâmbios. Contacte directamente a empresa se tiver dúvidas e não abra o link contido no e-mail que recebeu.

2 – Caso receba algum e-mail onde poderá ganhar currência de uma determinada criptomoeda em troca de preencher um questionário, esteja atento. Estes e-mails são muitas vezes burlas de phishing. Ao abrir o endereço para o questionário, você poderá ter que colocar os dados da sua carteira num site que se assemelha ao oficial, mas não é.

Como evitar? Tenham sempre muita atenção a todas as ofertas gratuitas de criptomoedas e, ainda mais importante, tenha sempre muita atenção aos locais onde insere as suas informações confidenciais.

3 – Através do Facebook, os hackers podem montar páginas praticamente iguais às páginas oficiais de empresas relacionadas ao mundo das criptomoedas. A partir destas páginas, poderão arranjar formas de interagir com os utilizadores onde prometem promoções espectaculares ou outras ofertas que são na verdade uma burla.

Como evitar? Se lhe é oferecida uma oferta única através do facebook, verifique calmamente se a página de facebook é realmente a oficial. Em caso de dúvida, dirija-se ao site oficial da empresa onde por norma se encontra um link directo para as suas redes sociais oficiais.

 

 

Fonte:da Redação e Por maistecnologia
Reditado para:Noticias do Stop 2018
Fotografias:Getty Images/Reuters/EFE/AFP/Estadão