Coutinho exalta Klopp e põe Dunga entre os melhores com quem trabalhou

Principal peça do meio-campo armado pelo comandante alemão, brasileiro acredita que Liverpool está caminhando na direção correta

Inglês
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O brasileiro Philippe Coutinho, meia do Liverpool, em entrevista à revista World Soccer, exaltou o técnico de seu clube, Jürgen Klopp. Segundo o atleta revelado no Vasco, o alemão vem colocando suas ideias no time, e fazendo a equipe se desenvolver com

mais naturalidade.

“Eu acredito que estamos caminhando na direção correta sob o comando de Klopp, e acreditamos que podemos lutar por coisas grandes”, afirmou o camisa 10, que rasgou elogios ao comandante da equipe. Para Philippe, os métodos do ex-técnico do Borussia Dortmund estão sendo cada vez mais compreendidos pelos atletas: “Nos treinos, estamos trabalhando muito, gostando cada vez mais do jeito dele, e isso está nos ajudando a ser melhores jogadores”, declarou o brasileiro.

Coutinho também falou sobre alguns dos técnicos que teve na carreira, incluindo o atual comandante da Seleção Brasileira, Dunga. “Eu tive sorte de trabalhar com alguns grandes treinadores na minha carreira, e todos adicionaram algo ao meu jogo. Rafa Benítez, Pochettino e Dunga são excelentes técnicos. Mas eu sempre serei grato a Brendan Rodgers, porque ele acreditou em mim, e me trouxe ao Liverpool. Klopp trouxe novas ideias e elas estão me ajudando a ser um jogador melhor”, opinou o jogador, ressaltando o antecessor do alemão no comando dos Reds.

Além de citar Dunga como um dos grandes treinadores com quem trabalhou, Philippe também falou sobre sua sequência na Seleção. “Eu sei que preciso melhorar muito, e quero mostrar e ganhar muito mais com a Seleção Brasileira. Se eu continuar trabalhando e evoluindo, acredito que posso atuar nos próximos anos pelo meu país, e contribuir para a equipe”, afirmou.

 

Em quatro meses de trabalho, Jürgen Klopp dirigiu o Liverpool em 31 partidas, com 13 vitórias, 11 empates e 7 derrotas. Apesar de não ter conseguido embalar na Barclays Premier League, o alemão conseguiu levar sua equipe à final da Copa da Liga Inglesa, que será disputada no próximo domingo, contra o Manchester City. Além disso, avançou para a fase de mata-mata da Liga Europa. Na segunda 

 

 

 

 

Fornecido por: Gazeta Press 2016 ( STOP )