MORREU AFONSO DHLAKAMA

Nacional
Typography
  • TPL_TYPO_TOOL_SMALLER TPL_TYPO_TOOL_SMALL TPL_TYPO_TOOL_MEDIUM TPL_TYPO_TOOL_BIG TPL_TYPO_TOOL_BIGGER
  • TPL_TYPO_TOOL_DEFAULT TPL_TYPO_TOOL_HELVERICA TPL_TYPO_TOOL_SEGOE TPL_TYPO_TOOL_GEORGIA TPL_TYPO_TOOL_TIMES

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, morreu esta quinta-feira, aos 65 anos, na Serra da Gorongosa, província de Sofala, vítima de doença.Informações postas a circular ao princípio da tarde desta quinta-feira, apontam que o estado de saúde de Afonso

Dhlakama deteriorou-se nos últimos dias.
Desde ao princípio desta noite, membros e simpatizantes da Renamo na província de Sofala, concretamente na capital provincial, a cidade da Beira estão a concentrar-se na delegação provincial do partido.
Há informações que indicam que o corpo de líder do Renamo chega amanhã à cidade da Beira.
De nome completo Afonso Macacho Marceta Dhlakama, o líder da Renamo nasceu a 1 de Janeiro de 1953, em Mangunde, distrito de Chibabava em Sofala. É filho de um líder tradicional, o régulo Mangunde (RM Sofala)
Notícia em actualização

 

Fonte:da Redação e Por rm.co.mz
Reditado para:Noticias do Stop 2018