20
Sáb., Jul.
0 New Articles

presidente alerta para riscos de empreendimentos energéticos serem alvo

As autoridades da Ucrânia temem que empreendimentos energéticos possam vir a ser alvo de ataques da Rússia, com a chegada do inverno, podendo privar de aquecimento a população, não obstante temperaturas negativas que habitualmente se fazem sentir nesta época do ano. O alerta foi lançado este domingo pelo presidente ucraniano Volodymyr Zelensky.

Ucrânia anuncia o primeiro ataque com mísseis norte-americanos ATACM

A Ucrânia anunciou que os seus militares realizaram um dos ataques mais destrutivos aos meios aéreos russos desde o início da guerra.
Os mísseis ATACMS foram utilizados no ataque a duas bases aéreas em território ocupado pela Rússia na terça-feira, de acordo com uma autoridade americana familiarizada com a operação.

Zelensky: a contra-ofensiva em curso é "difícil" mas "está a progredir"

Numa altura em que o Presidente ucraniano dá conta de alguns avanços na sua contra-ofensiva, o seu país continua a ser bombardeado pelas tropas russas, com pelo menos 11 mortos num ataque esta noite contra um prédio em Kryvyï Rig, cidade do centro da Ucrânia. Moscovo afirma por outro lado ter capturado carros de assalto alemães e americanos.

Moscovo atacada por drones em prédios residenciais

As autoridades russas deram conta hoje de um "ataque sem precedentes" contra Moscovo, com drones a atingirem a capital e causando estragos em prédios e dois feridos ligeiros.

Esta manhã, "um enxame" de oito drones atingiu Moscovo, no terceiro dia que a cidade é visada por este tipo de ataques. Sem precisar quantos engenhos tocaram a capital russa, as autoridades culparam Kiev por este ataque que fez dois feridos

Ucrânia reivindica ataque com drones a Moscovo

A Ucrânia reivindicou, esta segunda-feira, o ataque com drones que atingiu Moscovo durante a noite, mostrando, desta forma, a vulnerabilidade da capital russa. Ao mesmo tempo, novos ataques atingiram a Crimeia e a região ucraniana de Odessa. O Kremlin já informou que serão tomadas "medidas" para defender Moscovo.

Cimeira do "Triângulo de Weimar" entre a França, a Alemanha e a Polónia em Paris

O Presidente francês recebe esta noite no Palácio do Eliseu o chanceler alemão, Olaf Scholz, e o chefe de Estado polaco, Andrzej Duda, na chamada reunião do "Triângulo de Weimar", um formato de encontro tripartido entre a França, a Alemanha e a Polónia criado em 1991, logo após o fim da guerra fria. Na ementa das conversações vai estar a Ucrânia.

Kiev e Moscovo procuram apoio de Maputo?

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, esteve hoje (31.05) em Maputo, onde reuniu com Filipe Nyusi, "no quadro do reforço das relações bilaterais". E também abordou o conflito na Ucrânia.

Esta visita surge depois de o ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, ter concluído, na semana passada, uma digressão pelo continente - que incluiu Moçambique -, durante a qual instou os países africanos a porem termo

Mais artigos...