Mais de 10.000 pessoas marcharam pacificamente em direção ao Coliseu acenando bandeiras e faixas nas cores verde e vermelho

Milhares de pessoas se reuniram neste sábado em vários pontos de Roma em marchas organizadas contra e a favor da União Europeia (UE), que celebra o 60º aniversário da assinatura do tratado que deu origem à entidade.

O autor do ataque mais sangrento do Reino Unidos nos últimos 12 anos, que deixou quatro mortos e 50 feridos, é um britânico de 52 anos

Duas pessoas prosseguiam, nesta sexta-feira, em prisão preventiva, relacionadas ao atentado em Londres, enquanto a polícia divulgava a primeira foto do autor, Khalid Masood, cujo verdadeiro nome era Adrian Russell Ajao.

A polícia prendeu 11 pessoas, sete homens e quatro mulheres: oito em Birmingham, duas em Manchester e uma em Londres

Quatro pessoas continuavam, nesta sexta-feira, em prisão preventiva, relacionadas ao atentado em Londres, enquanto a polícia divulgava a primeira foto do autor, Khalid Masood, cujo verdadeiro nome era Adrian Russell Ajao.

Ataque deixou 12 mortos em Berlim. Segundo perícia, ele teria consumido cocaína e haxixe

Um oficial italiano afirmou que a autópsia no corpo do principal suspeito do ataque a um mercado de Natal em Berlim indicou que ele era usuário frequente de drogas.

Os líderes dos Estados membros da UE, ao lado das autoridades comunitárias, começarão a chegar a partir das 9h ao Capitólio de Roma

Os chefes de Estado dos 27 países da União Europeia (UE), sem o Reino Unido, comemoram neste sábado, na Itália, o 60º aniversário dos Tratados de Roma e assinarão uma declaração sobre o futuro do bloco comunitário.

Uma reconstrução detalhada da polícia descobriu que o ataque durou 82 segundos

A polícia britânica segue investigando o ataque ocorrido nos arredores do Parlamento. A crença é de que o agressor agiu sozinho. Uma reconstrução detalhada da polícia descobriu que o ataque durou 82 segundos, antes de Masood ser morto a tiros.

Para a prefeita de Paris, comício do candidato à presidência da França Francois Fillon pode colocar em risco os valores do país

O candidato a presidência na França Francois Fillon pediu a apoiadores que não se entreguem àqueles que tentam destruí-lo. A declaração foi uma reação ao pedido da prefeita de Paris, a socialista Anne Hidalgo, que recomendou o cancelamento de um comício

Mais artigos...